sábado, 30 de abril de 2011

“Zé Eduardo é uma das lideranças políticas que inspirou a minha geração”, diz Márcio Macêdo


O deputado federal Márcio Macêdo (PT) fez na última sexta-feira, 29, um discurso emocionado em homenagem ao ex-presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, José Eduardo Dutra, que renunciou ao cargo, para tratar de problemas de saúde. Durante evento do Diretório Nacional do PT em Brasília, Márcio afirmou que convive e milita com Zé Eduardo há 20 anos e ressaltou suas qualidades como um dos principais líderes do PT em Sergipe e no Brasil. “Zé Eduardo é uma das lideranças políticas que inspirou a minha geração. É um homem vitorioso, que conseguiu espaços importantes na vida política do Estado e do país”, disse.

Segundo o deputado, Zé Eduardo é dono de um “caráter retilíneo” e possui “total compromisso com o PT, com as ideias libertárias que nortearam o Governo do presidente Lula e que estão norteando o Governo da presidente Dilma. “O compromisso de Zé é com a nossa causa. Ele nos ensinou e nos ensina a partir de uma qualidade, que talvez seja uma das maiores características do ser humano, que é saber abrir mão dos projetos pessoais em nome dos projetos coletivos”, frisou Márcio.

Em sua fala, o deputado fez um retrospecto da carreira política de Dutra citando sua atuação como presidente do PT em Sergipe por três vezes, seu mandato de senador, quando foi líder da oposição – “e se consolidou como um dos quadros mais competentes da política brasileira” –, sua candidatura ao Governo de Sergipe em 2002 – “quando abriu mão da disputa pela reeleição para fazer o palanque do presidente Lula no Estado e para semear a esperança de um que dia a oposição pudesse governar Sergipe” –, seu trabalho como presidente da Petrobras e sua candidatura ao Senado em 2006 – “abrindo mão de uma eleição como deputado federal garantida, para compor a chapa com Déda e mostrar ao Estado que era preciso experimentar pela primeira vez uma administração de esquerda, democrática e popular”.

Além disso, Márcio citou a desistência de Zé Eduardo pela candidatura de deputado federal em 2010 para atender a uma convocação da presidente Dilma Rousseff para coordenar sua campanha. “Zé tinha uma eleição pra deputado federal muito tranqüila e eu era candidato a deputado estadual. A presidente Dilma o convocou pra coordenar a campanha e ele não pensou duas vezes, aceitou e desistiu da candidatura e eu fui o candidato a federal dele e hoje estou aqui como deputado federal. Cito estes fatos para mostrar o caráter de um homem que tem capacidade de compreensão pra abrir mão de projetos pessoais em nome de um projeto estratégico do Brasil”, afirmou.

O deputado ainda ressaltou que “hoje Zé Eduardo dá mais uma demonstração da sua coragem e do seu compromisso com o partido e com as idéias. Vem aqui diante do diretório do PT do Brasil revelar questões de fórum íntimo, de sua saúde e que em nome disso e em nome do PT ele está se recolhendo para se tratar e voltar”. Por fim, Márcio fez uma analogia ao futebol para dizer que aguarda o retorno de Zé Eduardo. “Queria fazer uma metáfora: o Ronaldo teve uma contusão séria, foi para tratamento, voltou e foi campeão do mundo. Zé, você é o nosso craque, vá se cuidar e volte pro nosso partido e volte pra ajudar a comandar o nosso PT em Sergipe. Que seja breve o seu afastamento”, encerrou.

Nenhum comentário: