sexta-feira, 25 de março de 2011

Márcio faz pronunciamento sobre importância da “Hora do Planeta”

O deputado federal Márcio Macêdo (PT) fez um pronunciamento nesta quinta-feira, 24, sobre o evento mundial “Hora do Planeta”. Em sua fala, Márcio disse que a iniciativa “se traduz em ato simbólico, no qual governos, empresas e a população apagam as suas luzes durante sessenta minutos, numa demonstração de preocupação com o aquecimento global”. A “Hora do Planeta”, que tem como slogan “Apague a luz para ver um mundo melhor” será realizada no próximo sábado, 26, das 20h30 às 21h30.

Durante o discurso, o deputado fez uma explanação sobre o surgimento do evento em 2007, quando reuniu 2 milhões de pessoas na Austrália e frisou seu crescimento, chegando a registrar mais de um bilhão de adesões em 2009, já com a participação do Brasil. No ano passado, segundo Márcio, a “Hora do Planeta” contou com a adesão de 4, 2 mil cidades em 125 países. A iniciativa é da organização não-governamental WWF, que se dedica à conservação da natureza.

O parlamentar ressaltou que a Câmara Federal aderiu ao ato na última terça-feira, 22, quando foi assinando o Termo de Adesão pela vice-presidente da Casa Legislativa, Rose de Freitas, e pela secretária-geral do WWF Brasil, Denise Hamú, além do presidente da Comissão Permanente do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, deputado Giovani Cherini (PDT-RS), e os coordenadores-gerais do EcoCâmara, Janice Silveira e Gilson Dobbin. É o terceiro ano consecutivo em que a Câmara se junta à manifestação.

Márcio ressaltou ainda que em Aracaju tem aumentado o número de adesões ao projeto e que neste ano, a “Hora d Planeta” foi incorporada às atividades alusivas ao aniversário da cidade. O deputado informou que a prefeitura irá apagar as luzes de diversos logradouros públicos que também são cartões postais da cidade, a exemplo da Ponte do Imperador, do Viaduto Jornalista Carvalho Déda, do Farol do bairro Farolândia e do Mirante da 13 de Julho. Ele frisou que empresas, instituições e órgãos como o Oceanário de Aracaju, a fábrica de Velas Ávila, o Instituto Federal de Sergipe e a Câmara Municipal de Aracaju, também se engajaram na realização do evento.

“Quero destacar o ponto alto do ato, que ocorrerá no Mirante da 13 de Julho, onde todas as pessoas engajadas no movimento se concentrarão e à luz de velas e lanternas assistirão a apresentação de artistas e de atividades lúdicas que também aderiram a Hora do Planeta”, afirmou. Para Márcio, “todos os envolvidos são protagonistas, atores sociais que contribuem para que Aracaju, continue dando a sua parcela de contribuição a um ato que tem o significado de trazer para a reflexão a variável ambiental e os desafios impostos pelo aquecimento global”.

Nenhum comentário: