quarta-feira, 30 de março de 2011

Mais fogo não tão amigo contra Edvaldo: Jailton quer intervenção na SMTT

Foto: Alberto Dutra
Dando prosseguimento a estratégia de levantar suspeitas de irregularidades contra a administração de Edvaldo Nogueira  (PC do B), o vereador Jailton Santana (PSC) usou a tribuna da Câmara de Aracaju hoje para falar na possibilidade de se pedir uma intervenção na Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT). A ideia é uma alternativa à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que seria usada para analisar os contratos entre a prefeitura e as empresas responsáveis pela fiscalização eletrônica, mas que fracassou porque a oposição não alcançou as sete assinaturas necessárias para levá-la adiante.

“Pela dificuldade de se conseguir assinaturas suficientes para instalar uma CPI nesta Casa, estou consultando juristas sobre a possibilidade de uma intervenção da SMTT”, afirmou o vereador do PSC. Segundo Jailton, nos últimos quatro anos a PMA arrecadou R$ 48 milhões com a passagem do transporte público. “Onde está esse dinheiro? Pois, a finalidade desses recursos é a manutenção dos abrigos de ônibus e já utilizamos essa tribuna para mostrar como se encontram atualmente esses abrigos. Totalmente deteriorados. É profundamente lamentável o que está acontecendo na SMTT. É preciso se investigar, por isso proponho a CPI nesta Casa”, disse.

Para o parlamentar, a subserviência da Câmara ao Poder Executivo impede que parlamentares aprovem a CPI para a investigação da sinalização eletrônica em Aracaju. “Respeito a posição de cada vereador, mas afirmar que o caso é coisa morta, como o disse o vereador Valdir é um absurdo. A população quer saber sobre os radares, cujo contrato entre PMA e as empresas denunciadas por corrupção apresenta irregularidades”, destacou Jailton.

Em apoio a Jailton, o vereador Nitinho (DEM) ressaltou a necessidade de esclarecimentos sobre possíveis problemas nos contratos firmados entre a PMA e as empresas Splice e Koop. “É preciso discutir e investigar com prudência e profundidade. O que a prefeitura está fazendo com a população é um crime. Pardais escondidos por árvores ou localizados em lugares em que não são constantes os acidentes. Essa é a realidade em Aracaju”, destacou Nitinho.

Já o vereador Elber Batalha (PSB) discursou em defesa do prefeito Edvaldo Nogueira. “Respeito o papel de oposição do vereador Jailton, agora destaco aqui que o nosso agrupamento político está tranquilo, sobretudo, no que diz respeito a ética e honestidade, visto que Edvaldo Nogueira e Marcelo Déda sempre se destacaram e se notabilizaram na política pela honestidade e eficiência na administração pública”, disse Elber.

Com informações da Assessoria da Câmara

Nenhum comentário: