Pular para o conteúdo principal

SE: Déda cita filósofo grego para fazer balanço de 1º mandato

Publicada originalmente no Portal Terra
Foto: Marco Vieira/ASN
Valter Lima
Direto de Aracaju
O governador reeleito Marcelo Déda (PT) fez um longo discurso durante a cerimônia de posse na manhã deste sábado (1) na Assembleia Legislativa do Estado, em Aracaju. Por uma hora e 20 minutos, Déda fez um balanço dos quatro primeiros anos de governo. "O governo que assumo neste momento já não é o mesmo de há quatro anos. Sergipe experimentou um período de transformação e mudança", disse.

Diante de uma plateia formada por parlamentares, familiares, senadores, secretários de Estado e aliados políticos, o governador e seu vice, Jackson Barreto (PMDB), foram empossados pela presidente da Assembleia Legislativa, deputada Angélica Guimarães (PSC).

Antes de Déda, o líder da oposição, deputado Venâncio Fonseca (PP), e o líder de situação, deputado Francisco Gualberto (PT) subiram à tribuna. Fonseca fez críticas à morosidade de algumas ações do governo e Gualberto, em resposta, elencou uma série de obras realizadas no primeiro mandato de Déda. Ambos os discursos foram marcados pelo bom humor.

O governador iniciou seu discurso citando o filósofo grego Heráclito, considerado o mais importante dos filósofos pré-socráticos. Segundo Déda, Heráclito "pensava o mundo como expressão de mudança contínua e o movimento como realidade última e verdadeira".

"Heráclito produziu um pensamento que pode assim ser exposto: 'ninguém se banha duas vezes no mesmo rio: suas águas não são as mesmas e nós jamais seremos os mesmos'. O rio em que hora mergulho já não é mais o mesmo de quatro anos atrás e eu, como homem e político, carrego agora uma experiência pessoal e política que não possuía naquela solenidade outrora", afirmou Déda, fazendo referência à sessão de posse de seu primeiro mandato, em 1º de janeiro de 2007.

"Cumpri compromissos"
Marcelo Déda disse que ao produzir o discurso que fez hoje consultou o anterior, de quatro atrás, e constatou que "a imensa maior parte dos compromissos que assumi com o meu povo foi integralmente cumprida ou se encontra em vias de sê-lo".

A partir daí, o governador citou a recuperação da saúde financeira do Banco do Estado (Banese), o pagamento do piso salarial dos professores, o grande reajuste salarial concedido aos policiais militares e civis, construção de três presídios e 102 clínicas de Saúde da Família, entrega de 75 ônibus escolares, implementação de 100 novas indústrias e recuperação de estradas.

"Fazer melhor"
O governador afirmou que irá trabalhar para fazer um segundo mandato melhor do que o primeiro e justificou sua candidatura à reeleição. "A única razão de um político que tem uma referência ideológica concorrer a uma reeleição, é a vontade de fazer melhor no segundo que no primeiro".

"Se não houver essa vontade e esse desejo, a reeleição fica sendo apenas um ato de vaidade. E não é isso que eu vejo na política. A política não é um instrumento para massagear o ego, é uma ferramenta para fazer bem ao povo. Portanto, o sinônimo da reeleição é aperfeiçoamento, é a melhoria, é avanço, é continuar, mas ao mesmo tempo operar mais mudanças, mais transformações e lutar cada vez mais para que o nosso povo seja mais feliz", acrescentou.

Dilma
Sobre a nova presidente do Brasil, Déda afirmou que "Dilma Rousseff vai presidir o Brasil com a responsabilidade de continuar a obra de Lula e avançar ainda mais no desenvolvimento socioeconômico do nosso país". "Desejo-lhe boa sorte, declaro meu apoio integral à sua luta e minha solidariedade à sua liderança. Espero que as parcerias do mandato Lula sejam ampliadas no governo da presidenta Dilma. Que Deus a inspire e proteja. Na minha cabeça Dilma é Lula e Lula é Dilma", disse.

Emoção
Ao final do discurso, o governador falou mais uma vez no seu filho mais novo, Mateus, que tem Síndrome de Down. E novamente se emocionou e chorou ao afirmar que Mateus enfrentou problemas ao nascer prematuro e permanecer por 20 dias na UTI. Por conta disso, Déda prometeu que irá construir um centro de referência para portadores de necessidades especiais.

Após a sessão solene, Déda realizou a revista das tropas e seguiu para o Palácio Olímpio Campos, onde fez novo discurso, mas com conteúdo semelhante ao primeiro. Depois disso, o governador seguiu para Brasília, para participar da posse da presidente Dilma Rousseff.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Erotização da música influi na precocidade sexual da criança

É comum vermos crianças cada vez mais novas cantando e dançando ao som de refrões carregados de sexualidade, utilizando roupas e calçados impróprios para essa fase. As músicas erotizadas se tornam febre entre meninos e meninas em todo o país, mesmo sem muitas vezes terem conhecimento do que estejam ouvindo ou dançando. Mas qual a influência dessas músicas no desenvolvimento da criança? De que modo a letra de uma canção pode influenciar o comportamento infantil?

Para a psicóloga Aline Maciel, músicas de cunho apelativo com letras que tratem de sexo estimulam a iniciação sexual precoce entre meninos e meninas. Segundo ela, “músicas com uma carga sexual muito forte aliadas a coreografias sensuais fazem com que as crianças tenham acesso a elementos que não são adequados a sua faixa etária, induzindo comportamentos inadequados”.

O artigo A música e o Desenvolvimento da Criança, de autoria da Doutora em Educação Monique Andries Nogueira, atesta que a música tem um papel importante nos aspect…

Lambe-sujo e Caboclinhos: a cultura viva

A força de uma cultura se revela na capacidade de agregar, envolver e orgulhar. Em Laranjeiras, isso se concretiza durante a “Festa do Lambe-Sujo”, folguedo sergipano encenado todos os anos no 2º domingo de outubro.


No folguedo, os negros (lambe-sujos) lutam contra a tentativa dos índios (caboclinhos) de destruírem os quilombos.



A partir das imagens captadas pela fotojornalista Ana Lícia Menezes é possível perceber o quão forte é a cultura local e a crença no folguedo. Carregado de simbolismo, o folguedo envolve crianças, jovens e adultos, que se apossam da história da terra para se divertir, se alegrar e manter viva a cultura.

Logo cedo, os lambe-sujos se espalham pela cidade, desde a entrada até a praça central de Laranjeiras. Assim, demarcam território e mostram que estão prontos para o combate. Em maioria, os lambe-sujos também ocupam a área próxima à igreja, onde recebem a benção do padre, antes de iniciar os embates.



Fortalecidos pela oração e crentes em sua fé, os lambe-sujos estã…

Um olhar para 2008

“Quem teve a idéia de cortar o tempo em fatias,
a que se deu o nome de ano,
foi um indivíduo genial.

Industrializou a esperança, fazendo-a funcionar no
limite da exaustão.

Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e
entregar os pontos.

Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra
vez, com outro número e outra vontade de acreditar que daqui pra
diante vai ser diferente."
(Carlos Drummond de Andrade)


Recebi esse texto ontem pelo orkut como parte de uma mensagem de felicitações pelo novo ano que está por iniciar e me pus a pensar na verdade que ele transmite.

Todos temos a necessidade de ver nossas esperanças e sonhos sendo renovados. Todo indivíduo precisa planejar, desejar, acreditar. Planejar uma vida diferente, o início de um novo projeto. Desejar ascensão profissional, aprovação no vestibular ou em um concurso público. Acreditar em novo amor, em um novo tempo. Acreditar no fim da violência, na prevalescência do amor e da paz sobre toda a Terra, por mais que isso pareça utóp…