domingo, 19 de dezembro de 2010

"Só iniciarei obra nova quando concluir as que estão em andamento", diz Déda

Foto: Marco Vieira/ASN
O governador Marcelo Déda (PT) disse na sexta-feira, 17, durante almoço com a imprensa, que só iniciará novas obras quando concluir as que estão em andamento. Isso porque o Estado atravessa um período difícil de arrocho financeiro, por conta da redução drástica do Fundo de Participação dos Estados - FPE - que corresponde a 46% da receita corrente líquida do Estado.

De acordo com Déda, a frustração financeira do FPE em 2010 foi de R$ 150 milhões e o que segurou o Estado foi o crescimento do ICMS, que alcançou a casa dos 20%. "O Estado passa por dificuldades, mas não está quebrado", salientou Déda. Foi neste contexto que o governador anunciou a manutenção de João Andrade na Secretaria da Fazenda.

Nenhum comentário: