domingo, 26 de dezembro de 2010

Ministro do Trabalho defende mínimo de R$ 560

O ministro do Trabalho Carlos Lupi, que permanece no cargo no Governo Dilma, é favorável a um reajuste do salário mínimo maior do que o proposto pela equipe econômica da presidente eleita.

"Sou defensor de que o aumento do salário mínimo tem de ser de R$ 560, porque R$ 580, nesse momento, é uma puxada que não dá para suportar. Mas R$ 540 é muito pouco", afirmou Lupi à Folha de S. Paulo.

Nenhum comentário: