terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Dilma confirma sete novos ministros; Lúcia Falcón ainda não foi desta vez

A presidente eleita, Dilma Rousseff, anunciou nesta segunda-feira a indicação de sete novos ministros. Na Saúde, foi confirmado o médico infectologista Alexandre Padilha, que atualmente ocupa a Secretaria das Relações Institucionais.

Já a artista Ana de Hollanda, irmã do compositor Chico Buarque, foi indicada para comandar o Ministério da Cultura. De acordo com nota da assessoria de Dilma, Orlando Silva (PC do B) permanecerá à frente do Ministério do Esporte.

Outras duas mulheres foram anunciadas hoje: a socióloga Luiza Bairros para a Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial; e Tereza Campelo, economista e mulher do ex-tesoureiro do PT Paulo Ferreira, para o Ministério do Desenvolvimento Social.

Para o Ministério das Cidades, o indicado é Mário Negromonte. A nota também confirma a permanência no cargo do atual advogado-geral da União, Luís Inácio Lucena Adams.

"A presidenta eleita orientou-os a trabalhar de forma integrada com os demais ministérios para dar cumprimento a seu programa de desenvolvimento com distribuição de renda, de forma a promover os avanços que vão assegurar a melhoria de vida de todos os brasileiros", diz a nota divulgada na tarde de segunda.

Com os anúncios, Dilma apresenta 30 integrantes do seu primeiro escalão. A petista ainda precisa confirmar os ministros da CGU (Controladoria-Geral da União), Integração Nacional, Portos, GSI (Gabinete de Segurança Institucional), Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres, a Secretaria de Relações Institucionais e Desenvolvimento Agrário (para esta última, a expectativa é de Lúcia Falcón seja a escolhida). A conclusão do ministério dilmista deve ocorrer até quarta-feira.

Ministros já confirmados:

PT
Guido Mantega (Fazenda)
Alozio Mercadante (Ciência e Tecnologia)
Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral)
José Eduardo Cardozo (Justiça)
Antonio Palocci (Casa Civil)
Paulo Bernardo (Comunicações)
Fernando Pimentel (Desenvolvimento, Indústria e Comércio)
Miriam Belchior (Planejamento)
Ideli Salvatti (Pesca)
Maria do Rosário (Direitos Humanos)
Fernando Haddad (Educação)
Alexandre Padilha (Saúde)
Luiza Bairros (Igualdade Racial)
Tereza Campelo (Desenvolvimento Social)

PMDB
Wagner Rossi (Agricultura)
Pedro Novais (Turismo)
Garibaldi Alves (Previdência)
Edson Lobão (Minas e Energia)
Moreira Franco (Secretaria de Assuntos Estratégicos)
Nelson Jobim (Defesa) - Cota pessoal

PR
Alfredo Nascimento (Transportes)

PDT
Carlos Lupi (Trabalho)

PP
Mário Negromonte (Cidades)

PC do B
Orlando Silva (Esporte)

Sem filiação partidária
Alexandre Tombini (Banco Central)
Helena Chagas (Comunicação Social)
Antonio Patriota (Relações Exteriores)
Izabella Teixeira (Meio Ambiente)
Ana de Hollanda (Cultura)
Luís Inácio Lucena Adams (Advocacia-Geral da União)

Informações da Folha.com

Nenhum comentário: