quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Edvaldo aceita debater situação de mototaxistas, mas diz que é difícil regulamentar

Criada a comissão suprapartidária para discutir a situação dos mototaxistas em Aracaju, o prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B) recebeu ontem os deputados Ana Lúcia (PT), Luiz Mitidieri (PSDB) e Venâncio Fonseca (PP).  No encontro, Edvaldo disse que não vê, em curto prazo, possibilidade de autorizar o serviço na capital, embora tenha se mostrando interessado em abrir o debate.

Segundo o prefeito, 'o problema existe e estamos buscando uma solução'. "Existe essa vontade de prefeitos e até da Frente Nacional de Prefeitos [FNP] de encontrar uma saída", afirmou Edvaldo, que é vice-presidente da FNP. Ainda assim, o prefeito ressaltou que "as capitais ainda não regulamentaram a atividade de mototaxistas, por uma série de razões, inclusive, pelas manifestações contrárias do Ministério da Saúde, do Departamento Nacional de Trânsito e do Fórum de Secretários de Transportes das Capitais".

A deputada Ana Lúcia, que propôs a comissão, disse que continuará discutindo o assunto, por mais que seja complexo. Bem verdade não é questão simples de ser solucionada. Mas também não deve ser ignorada. Que a prefeitura coloque os técnicos da SMTT pra pensar e que os sindicatos de mototaxistas também desenvolvam propostas para viabilizar a regulamentação do serviço. Um passo já foi dado com a criação da comissão e a primeira reunião com o prefeito.

Nenhum comentário: