segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Eleitor levará um 1 minuto e meio pra votar

Falta pouco para o eleitor brasileiro ir às urnas escolher os representantes dos Estados e do país pelos próximos quatro anos. No dia 3 de outubro, ele poderá votar em até seis candidatos. Pela ordem da urna eletrônica, o eleitor votará em deputado estadual, deputado federal, senador para a 1ª vaga, senador para a 2ª vaga, governador do Estado e presidente da República. No momento da votação, o brasileiro terá que apresentar o título de eleitor e um documento com foto.

Como acontece a cada oito anos, em 2010 serão escolhidos dois senadores por Estado. Por conta disso, o eleitor terá direito de votar em dois candidatos distintos. Não será permitido votar no mesmo candidato duas vezes. Caso assim proceda, somente o primeiro voto será considerado. O segundo será anulado.

Para não correr o risco de se confundir ao utilizar a urna, o Tribunal Superior Eleitoral – TSE – aconselha o eleitor a levar anotado num papel o número dos seus candidatos. É a chamada ‘cola eleitoral’. De acordo com o TSE, o brasileiro levará, em média, um minuto e meio, para votar nos seis candidatos, o que representa cerca de 15 segundos para votar em cada um dos cargos.

Na urna, o eleitor digitará primeiro o número do candidato a deputado estadual (cinco dígitos). Em seguida, escolherá o deputado federal (quatro dígitos). Logo depois é a vez de escolher o senador da 1ª vaga (três dígitos) e o senador da 2ª vaga (mais três dígitos). Por fim, o eleitor vota no candidato a governador (dois dígitos) e encerra votando no candidato a presidente (dois dígitos também).

No Brasil, 135.804.433 eleitores devem votar nestas eleições. No domingo, 3 de outubro, das 8h às 17h, será realizado o primeiro turno. O pleito contará com 420.182 seções, nas quais trabalharão 2.181.622 mesários distribuídos em todos os municípios do país e em 154 cidades no exterior. Aproximadamente 500 mil urnas serão disponibilizadas, incluindo as reservas, sendo que 550 serão utilizadas para votação, no exterior, de 200.392 brasileiros, que requereram transferência do domicílio para os países em que vivem atualmente.

A maioria dos eleitores brasileiros aptos a votar tem entre 25 e 34 anos e é formada por mulheres. Em 2010, são 2.391.352 eleitores na faixa etária entre 16 e 17 anos. Foram cadastrados para votar em trânsito no 1º turno das eleições presidenciais 80.494 eleitores. O TSE recebeu outros 76.528 registros em caso de um eventual 2º turno do pleito. São Paulo, Brasília e Belo Horizonte são as capitais que vão receber mais votos de eleitores em trânsito.

Nenhum comentário: