terça-feira, 17 de agosto de 2010

Vox Populi, tendências e o programa partidário

Eduardo Anizelli / Folhapress
Mais uma pesquisa favorável à candidata do PT, Dilma Rousseff. Depois do Ibope colocar a petista 11 pontos à frente de José Serra, em sondagem divulgada ontem (leia no post logo abaixo), o Vox Populi divulgou sua mais recente pesquisa com números ainda melhores para Dilma. Ela aparece agora com 45% dos votos contra 29% do tucano. Ou seja, 16 pontos de diferença e com vitória (já folgada) no primeiro turno.

O melhor desempenho de Dilma é na região Nordeste, e o pior é na região Sudeste. Em Pernambuco, ela teria 66% dos votos, contra 19% de Serra. Já o tucano tem seu melhor desempenho na região Sul e, o pior, no Nordeste. Em São Paulo, Estado que governou até abril, Serra teria 40% dos votos, contra 33% da petista.

Dilma também aparece na frente na pesquisa espontânea, com 32% das intenções de voto, ainda segundo a Vox Populi. José Serra aparece em segundo, com 18%. Na última pesquisa Vox Populi, publicada em 22 de julho, a candidata petista tinha 41%, contra 33% de Serra
.
Vox antecipa tendências

Lula Marques / Folhapress
Até agora, os levantamentos anteciparam tendências confirmadas posteriormente pelos demais institutos de pesquisa do país. O Vox Populi foi o primeiro instituto a captar o crescimento da candidata petista, só agora confirmado pelo Ibope e pelo Datafolha. O Sensus já vinha apresentando resultados semelhantes aos do Vox.

Na pesquisa Vox Populi divulgada no dia 15 de maio, Dilma aparecia pela primeira vez à frente de Serra, chegando a 38% contra 35% do tucano. No mesmo mês, o instituto Datafolha mostrava os dois candidatos empatados em 36%, enquanto o Ibope também apontava o cenário de empate dos dois concorrentes, em 37%.

O cenário de empate entre Dilma e Serra nas pesquisas Ibope e Datafolha persistiu até o final de julho, quando o Ibope finalmente identificou o crescimento de Dilma, apontado mais de um mês antes pela Vox Populi. No levantamento do dia 29 de julho, o Ibope mostrou que a candidata petista tinha 39% das intenções de voto, enquanto Serra aparecia com 37%.

Entretanto, uma semana antes, na pesquisa de 23 de julho, o Datafolha ainda apontava o empate técnico entre PT e PSDB, com 36% e 37%, respectivamente. A tendência de queda de José Serra só foi registrada pela pesquisa Datafolha no último dia 13 de agosto, quando o candidato tucano apareceu com 33% das intenções de voto, contra 41% de Dilma.

Programas da TV

Hoje começaram os programas eleitorais. Assisti as duas edições da TV. E posso afirmar que a tendência de crescimento de Dilma não será revertida facilmente pelo seu adversário, o tucano José Serra. O programa do PT vincula (com êxito) Dilma ao presidente Lula.

E mais: no programa da noite, Lula pediu claramente: “Votem na Dilma. Ela é a mais preparada para ser presidente do Brasil”. Se até o “Zé” Serra (é assim que ele está sendo chamando na propaganda) está usando o nome do Lula é porque a situação pra ele não está fácil. Os números do Vox Populi, caso não ocorrer um fato novo que beneficie a oposição, será repetido no Ibope, no Sensus e até no Datafolha.

Nenhum comentário: