quinta-feira, 17 de junho de 2010

Cidade Digital: uma boa ideia

Danilo Segundo (PSB) é sangue novo na cena política. É vereador desde 2009 e depois de um início cambaleante na Câmara, tomou conhecimento do trabalho e desde então, tem apresentado bons projetos. Um deles, sobre o qual eu já fiz matéria para o Cinform é sobre a criação de uma lei municipal que torna obrigatória a criação do Portal da Transparência das contas da prefeitura de Aracaju. Ótima iniciativa. E, agora, outro projeto, que merece destaque é o “Cidade Digital”, que disponibiliza internet gratuita em todos os bairros da capital.

Em viagem recente a Brasília, Danilo conseguiu agendar uma conversa com o ministro da Ciência e Tecnologia, Sérgio Machado Rezende, para buscar apoio ao projeto. “O projeto Cidade Digital possibilitará que todos tenham acesso à internet. A maioria da população não tem condição de pagar para ter internet banda larga", afirma Danilo, em release enviado à imprensa.

O uso do computador, aliado ao acesso à internet é ferramenta fundamental no aprendizado de crianças, jovens e adultos. “O governo federal proporciona aos cidadãos meios de aquisição subsidiada de computadores. Entretanto, o acesso restrito à internet banda larga acaba limitando a inclusão digital de milhares de pessoas”, diz. A afirmação de Danilo é correta. Ter o computador e não ter internet inviabiliza o processo de inclusão digital, tão propalado por entidades e governos.

Não existem prazos para que o projeto do vereador do PSB se concretize. Ainda é embrionário, mas espero que o prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B) abrace a causa e com o apoio do Governo Federal disponibilize internet gratuita em toda a cidade. Até porque os serviços de internet existentes hoje em Aracaju são caros. Além disso, só a Velox oferece uma conexão estável e rápida, mas isso por um preço elevado. Não dá para se falar em inclusão digital sem baratear o curso da internet. É uma meta que deve ser perseguida!

2 comentários:

Eloy Vieira disse...

já tô esperando uma aracaju digital. vamos ver, qndo tiver data dê um furo e divulgue aí!

AD disse...

Parte de uma grande ingenuidade este projeto de cidade digital.

Se eu fosse Ministro de Ciência e Tecnologia, diria para o vereador: Meu caro, excelente esta sua ideia, de encher os olhos. Mas, todavia, entretanto, vc tem lido sobre o projeto federal de retomada da Telebrás e consequente possibilidade de oferecer banda larga para qualquer cidadão? Pois é, a prioridade do Ministério é esta. Mas meus assessores guardarão sua pasta com o maior carinho.

Se houvesse algum interesse efetivo, que ofereçam, por ex, quiosques digitais com supervisão, em grandes locais de circulação, para a comunidade começar a aprender a utilizar serviços básicos e se acostumar com a linguagem digital.

Ou o termo rede wireless é de conhecimento de todos? Se 99% não sabem o que é isso, como vão utilizar os benefícios da cidade digital?

Abração.