Pular para o conteúdo principal

Os questionamentos das chuvas

A chuva está recomeçando em Sergipe. Espero que seja por um tempo curto, pois o Estado não está em condições de receber novos temporais. O Governo não conseguiu do presidente Lula todo o dinheiro que pleiteou e as famílias que tiveram que sair de suas casas no mês passado permanecem abrigadas em escolas, em condições nada confortáveis.

De acordo com reportagem do Portal Infonet, a chuva deve durar toda a semana, mas não com o volume excessivo de abril. Ainda assim, a situação de Sergipe não é boa, pois junho deve trazer mais temporais e a situação de caos do mês passado deve se repetir (veja vídeo de matéria da Tv Sergipe).Infelizmente.

Falta ao Governo de Sergipe e às prefeituras da Grande Aracaju um projeto de reforma estrutural da região metropolitana. Um projeto ambicioso, mas que determine mudanças na forma de se abrir vias, de se alargar canais e de se proibir novas construções em áreas impróprias.

Esta é uma questão que deve ser analisada e trabalhada durante os 12 meses de cada um dos quatro anos do mandato de um prefeito ou do governador. Mas não se restringe a Marcelo Déda e nem a Edvaldo Nogueira, Alex Rocha, Fábio Henrique e Gilson dos Anjos. É uma responsabilidade de todos os líderes políticos, independente de partido ou mandato.

Para não repetir o discurso do post do mês passado, prefiro encerrar este comentário com a seguinte indagação: “Quando é que os políticos levarão a sério às comunidades de baixa renda? Quando é que os candidatos farão promessas (durante a campanha) para os moradores do Coqueiral, do Santa Maria, da Zona de Expansão e dos bairros mais periféricos da capital e as cumprirão durante o mandato? Quando?”

Relembre o caos:

Chuva deixa mais de 2,6 mil fora de casa em Sergipe

17 cidades afetadas pelas chuvas em Sergipe

Chuvas fazem primeira vítima: mulher morre de infarto ao ver casa inundada

Chuvas causam transtornos em Aracaju (SE)

Foto: Portal Infonet

Comentários

Diógenes disse…
É ridículo ver o caminho que Aracaju toma. Bastou que chovesse por, sei lá, duas horas, e a cidade esteve perto do caos: ônibus atrasados e cheios, taxis idem e ruas alagadas como se a água tivesse caído por um dia inteiro. São essas coisas que me irritam: de um lado, um bairrismo exagerado; do outro, um descaso total; no meio disso tudo estamos nós, passivos, esperando que isso aqui ganhe problemas dignos de metrople e, seguindo tal exemplo, como soluções invisíveis.

Postagens mais visitadas deste blog

Erotização da música influi na precocidade sexual da criança

É comum vermos crianças cada vez mais novas cantando e dançando ao som de refrões carregados de sexualidade, utilizando roupas e calçados impróprios para essa fase. As músicas erotizadas se tornam febre entre meninos e meninas em todo o país, mesmo sem muitas vezes terem conhecimento do que estejam ouvindo ou dançando. Mas qual a influência dessas músicas no desenvolvimento da criança? De que modo a letra de uma canção pode influenciar o comportamento infantil?

Para a psicóloga Aline Maciel, músicas de cunho apelativo com letras que tratem de sexo estimulam a iniciação sexual precoce entre meninos e meninas. Segundo ela, “músicas com uma carga sexual muito forte aliadas a coreografias sensuais fazem com que as crianças tenham acesso a elementos que não são adequados a sua faixa etária, induzindo comportamentos inadequados”.

O artigo A música e o Desenvolvimento da Criança, de autoria da Doutora em Educação Monique Andries Nogueira, atesta que a música tem um papel importante nos aspect…

Lambe-sujo e Caboclinhos: a cultura viva

A força de uma cultura se revela na capacidade de agregar, envolver e orgulhar. Em Laranjeiras, isso se concretiza durante a “Festa do Lambe-Sujo”, folguedo sergipano encenado todos os anos no 2º domingo de outubro.


No folguedo, os negros (lambe-sujos) lutam contra a tentativa dos índios (caboclinhos) de destruírem os quilombos.



A partir das imagens captadas pela fotojornalista Ana Lícia Menezes é possível perceber o quão forte é a cultura local e a crença no folguedo. Carregado de simbolismo, o folguedo envolve crianças, jovens e adultos, que se apossam da história da terra para se divertir, se alegrar e manter viva a cultura.

Logo cedo, os lambe-sujos se espalham pela cidade, desde a entrada até a praça central de Laranjeiras. Assim, demarcam território e mostram que estão prontos para o combate. Em maioria, os lambe-sujos também ocupam a área próxima à igreja, onde recebem a benção do padre, antes de iniciar os embates.



Fortalecidos pela oração e crentes em sua fé, os lambe-sujos estã…

Um olhar para 2008

“Quem teve a idéia de cortar o tempo em fatias,
a que se deu o nome de ano,
foi um indivíduo genial.

Industrializou a esperança, fazendo-a funcionar no
limite da exaustão.

Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e
entregar os pontos.

Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra
vez, com outro número e outra vontade de acreditar que daqui pra
diante vai ser diferente."
(Carlos Drummond de Andrade)


Recebi esse texto ontem pelo orkut como parte de uma mensagem de felicitações pelo novo ano que está por iniciar e me pus a pensar na verdade que ele transmite.

Todos temos a necessidade de ver nossas esperanças e sonhos sendo renovados. Todo indivíduo precisa planejar, desejar, acreditar. Planejar uma vida diferente, o início de um novo projeto. Desejar ascensão profissional, aprovação no vestibular ou em um concurso público. Acreditar em novo amor, em um novo tempo. Acreditar no fim da violência, na prevalescência do amor e da paz sobre toda a Terra, por mais que isso pareça utóp…