quinta-feira, 18 de março de 2010

Sergipe na rota dos partidos nanicos

Porque os partidos nanicos estão escolhendo Sergipe para lançar suas candidaturas? Primeiro foi o pré-candidato do PSDC, José Maria Eymael, que se colocou oficialmente na disputa pela Presidência do país, em evento realizado no fim de janeiro, em Aracaju. E agora é a vez do PSTU, que lança no próximo sábado, o sindicalista Zé Maria como pré-candidato a presidente.

Qual a lógica para estas escolhas? No evento do PSDC, José Maria Eymael disse que escolheu Sergipe para mostrar a força do Nordeste e romper com os preconceitos existentes contra a região. “O Brasil não será um país justo enquanto permanecerem as desigualdades regionais que penalizam tanto o povo do Nordeste”, disse.

Defesa interessante, pois estariam os partidos pequenos lançando suas candidaturas no menor Estado do Brasil. Entretanto, o discurso pouco convincente destes partidos acaba por não render muito espaço na mídia.

Espero que neste ano, José Maria e Eymael tenham a capacidade de desenvolver um plano de Governo sério e correto. Além disso, que consigam romper com a alienação dos nordestinos por Lula e sejam capazes, mesmo com o pouquíssimo tempo que terão na TV, mostrar uma proposta nova para o país. O caminho não é fácil, mas é possível. Ainda assim entendo que a união destes partidos em torno da candidatura de Marina Silva, do PV, renderia mais espaço e tornaria o debate mais coeso e evitaria o debate plebiscitário entre Dilma e Serra.

Nenhum comentário: