Pular para o conteúdo principal

Adeus 2010!

2010 vai passar voando! Hoje ainda é dia 10, mas sei que 2010 passará voando. Este ano tem Copa do Mundo, o que significa que os meses anteriores ao evento - de janeiro até meados de junho - serão tão rápidos como um chute a gol.

Depois disso, vem as eleições e aí sim não preciso tecer nenhum comentário sobre quão rápido será 2010. Pode ser que minha vida de jornalista - tão limitada aos fatos e tão aberta ao novo - me faça ver este ano dessa forma, mas sei que não é só isso.

Com um ano tão cheio de grandes acontecimentos, os feriados se multiplicam, as festas também. Com um período marcado por discursos tão acalourados e com tanta expectativa no ar, as pessoas não vivem cada dia, mas esperam pelos mais importantes.

Em um ano eleitoral, os parlamentares não trabalham (mas quando é que eles fazem isso?) e as reparticões públicas estão sempre em recesso.

Sei que a vida não se limita aos plenários e salas de secretarias de Estado, mas também sei que tudo que é feito ali dentro - e principalmente, o que não é feito - tem influência direta sobre a vida dos brasileiros.

Seria inocência pensar que a mudança de Governo não representará nada? O que se discute não é apenas se o novo governador (no caso de Sergipe) será Déda ou João. Ou ainda se Dilma conseguirá se eleger ou será Serra que devolverá ao PSDB o comando do Brasil.

É inocência pensar que votar e escolher os nossos representantes não tem repercussão direta sobre as nossas vidas. Tem sim! Até mesmo sobre a vida dos mais ricos. Todos precisam do Estado, do Governo. Todos estão ligados, mesmo que seja apenas para pagar impostos.

Os últimos sete anos pelos quais o Brasil está sendo governador pelo presidente Luiz Inácio serão sim o maior parâmetro. Foi, sem dúvidas, uma boa administração, mas também um período de muita irregularidade, corrupção e mudança.

Esperava mais, bem mais! No mínimo, eu queria o fim do Bolsa Família e não o seu crescimento descontrolado (e eleitoreiro). Não queria a implantação do sistema de cotas, mas um investimento maior na educação de base. Não queria apenas a descoberta de inúmeros (dezenas, centenas????) casos de corrupção, mas a punição de, pelo menos, metade dos envolvidos.

Você que lê este texto deve também ter inúmeros questionamentos sobre o que não foi feito e uma infinidade de reclamações e críticas. E é por isso que se deve pensar bem para quem você dará o seu voto.

O eleitor tem a sua disposição uma ótima máquina de pesquisa para orientar o voto, que é a internet. Então, pesquise, leia, questione o seu candidato através de emails, do twitter, do orkut. Esses meios não servem só para conversas e publicação/envio de fotos. Sua utilidade é maior.

Leia sobre os projetos, avalie as propostas. Comece fazendo isso agora!

E fazendo isso que sugiro neste texto, você irá concordar comigo que 2010 passará voando.
Quando você se der conta, 2011 terá chegado e eu espero que ele sim seja um ano novo, com novos líderes, bons parlamentares e Governos competentes.

Se conseguirmos fazer isso, poderemos dizer que 2011 (e os três anos seguintes) passará bem devagarzinho, para que os nossos representantes consigam colocar todos os seus projetos em prática.

Comentários

Grazielle Matos disse…
Eh, um adeus assim, partindo do ponto vista da política, faz tdo sentido. Tomara verdadeiramnte q a gnte possa dizr adeus a tdo q naum seja bom e q as transições ou não transições deste ano político possa resultar em algo bom em 2011

Postagens mais visitadas deste blog

Erotização da música influi na precocidade sexual da criança

É comum vermos crianças cada vez mais novas cantando e dançando ao som de refrões carregados de sexualidade, utilizando roupas e calçados impróprios para essa fase. As músicas erotizadas se tornam febre entre meninos e meninas em todo o país, mesmo sem muitas vezes terem conhecimento do que estejam ouvindo ou dançando. Mas qual a influência dessas músicas no desenvolvimento da criança? De que modo a letra de uma canção pode influenciar o comportamento infantil?

Para a psicóloga Aline Maciel, músicas de cunho apelativo com letras que tratem de sexo estimulam a iniciação sexual precoce entre meninos e meninas. Segundo ela, “músicas com uma carga sexual muito forte aliadas a coreografias sensuais fazem com que as crianças tenham acesso a elementos que não são adequados a sua faixa etária, induzindo comportamentos inadequados”.

O artigo A música e o Desenvolvimento da Criança, de autoria da Doutora em Educação Monique Andries Nogueira, atesta que a música tem um papel importante nos aspect…

Lambe-sujo e Caboclinhos: a cultura viva

A força de uma cultura se revela na capacidade de agregar, envolver e orgulhar. Em Laranjeiras, isso se concretiza durante a “Festa do Lambe-Sujo”, folguedo sergipano encenado todos os anos no 2º domingo de outubro.


No folguedo, os negros (lambe-sujos) lutam contra a tentativa dos índios (caboclinhos) de destruírem os quilombos.



A partir das imagens captadas pela fotojornalista Ana Lícia Menezes é possível perceber o quão forte é a cultura local e a crença no folguedo. Carregado de simbolismo, o folguedo envolve crianças, jovens e adultos, que se apossam da história da terra para se divertir, se alegrar e manter viva a cultura.

Logo cedo, os lambe-sujos se espalham pela cidade, desde a entrada até a praça central de Laranjeiras. Assim, demarcam território e mostram que estão prontos para o combate. Em maioria, os lambe-sujos também ocupam a área próxima à igreja, onde recebem a benção do padre, antes de iniciar os embates.



Fortalecidos pela oração e crentes em sua fé, os lambe-sujos estã…

Um olhar para 2008

“Quem teve a idéia de cortar o tempo em fatias,
a que se deu o nome de ano,
foi um indivíduo genial.

Industrializou a esperança, fazendo-a funcionar no
limite da exaustão.

Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e
entregar os pontos.

Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra
vez, com outro número e outra vontade de acreditar que daqui pra
diante vai ser diferente."
(Carlos Drummond de Andrade)


Recebi esse texto ontem pelo orkut como parte de uma mensagem de felicitações pelo novo ano que está por iniciar e me pus a pensar na verdade que ele transmite.

Todos temos a necessidade de ver nossas esperanças e sonhos sendo renovados. Todo indivíduo precisa planejar, desejar, acreditar. Planejar uma vida diferente, o início de um novo projeto. Desejar ascensão profissional, aprovação no vestibular ou em um concurso público. Acreditar em novo amor, em um novo tempo. Acreditar no fim da violência, na prevalescência do amor e da paz sobre toda a Terra, por mais que isso pareça utóp…