Pular para o conteúdo principal

Edvaldo assina decreto para licitação do transporte público.Será que dessa vez sai?

Em 2005, Déda já havia criado comissão para discutir o edital da licitação, mas empresas barraram na Justiça. Agora, Edvaldo quer processo finalizado até o final de 2010

A proposta não é nova. Foi promessa de campanha do governador Marcelo Déda, PT, quando ele ainda era candidato a prefeito de Aracaju em 2000. Aos usuários de ônibus, Déda garantiu que realizaria a licitação do transporte público. Em 2005, já reeleito prefeito, o petista até que tentou cumprir o que havia prometido, mas os empresários do setor entraram na Justiça e graças a um mandado de segurança, barraram a continuidade do projeto. Mas, agora, parece que existe uma luz no fim do túnel.

O atual prefeito da capital sergipana, Edvaldo Nogueira, PC do B, anunciou na última sexta-feira, 18, que cumprirá a promessa do aliado Déda, realizando a licitação do transporte público, que, aliás, também foi proposta sua na campanha do ano passado. O prefeito assinou o decreto nº 2. 401/09, que cria a comissão responsável pelo estabelecimento das providências necessárias ao início do processo licitatório para a concessão do serviço de transporte público da Grande Aracaju.

Em tese, a comissão, que é formada pelo vice-prefeito, por secretários municipais e pelo procurador geral do município, terá 30 dias para elaborar uma proposta de consórcio entre Aracaju, Barra dos Coqueiros, São Cristóvão e Nossa Senhora do Socorro, para que as discussões sobre a licitação do transporte público não acabe com o sistema integrado metropolitano. Depois dessa fase, outra comissão – essa intermunicipal - começará a discutir a licitação propriamente dita, com a elaboração do edital, com as condições para que as empresas participem da seleção.

O prazo dado pelo prefeito foi final de 2010. “Eu quero em dezembro do próximo ano colocar a licitação na rua, com o edital publicado em todos os jornais do país convocando as empresas”, afirmou Edvaldo. Até lá, a perspectiva da prefeitura é trabalhar no aprimoramento do serviço ainda em vigor, que funciona através de concessão pública para três grupos empresariais – Halley, Progresso e Grupo Bomfim. Tanto é que também na última sexta-feira foi assinado o decreto nº 2.400/09, criando outra comissão para avaliar as condições de segurança, conforto e conservação dos ônibus da Grande Aracaju.

Assim, essa comissão terá 30 dias para vistoriar os veículos e identificar aqueles que não estão em condições de circulação, para que sejam retirados do sistema de transporte coletivo. Ainda no final da última semana, o prefeito assinou um terceiro decreto – este de nº 2399/09 – alterando o regulamento do sistema. Pelo novo documento, as empresas que cometerem mais de três infrações graves por ano serão substituídas por outras. Atrasos dos ônibus, alteração de itinerário sem aviso e redução do número de veículos nas linhas serão consideradas faltas graves.

Agora resta esperar para ver se dessa vez estes decretos serão respeitados e a licitação do transporte público da Grande Aracaju sairá do nível de promessa e se tornará realidade. Mesmo com a chegada de veículos novos – na sexta-feira, as empresas apresentaram 20 novos ônibus, que se somaram a outros 22 coletivos, também novos, já em circulação – outros problemas precisarão ser resolvidos, como os atrasos, a superlotação, a insegurança, e o desconforto e a sujeira dentro dos veículos. Até o final de outubro, as empresas deverão colocar mais 58 ônibus novos em funcionamento.

Por Valter Lima / Fotos: André Moreira e Cleverton Ribeiro - SECOM/AJU

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Erotização da música influi na precocidade sexual da criança

É comum vermos crianças cada vez mais novas cantando e dançando ao som de refrões carregados de sexualidade, utilizando roupas e calçados impróprios para essa fase. As músicas erotizadas se tornam febre entre meninos e meninas em todo o país, mesmo sem muitas vezes terem conhecimento do que estejam ouvindo ou dançando. Mas qual a influência dessas músicas no desenvolvimento da criança? De que modo a letra de uma canção pode influenciar o comportamento infantil?

Para a psicóloga Aline Maciel, músicas de cunho apelativo com letras que tratem de sexo estimulam a iniciação sexual precoce entre meninos e meninas. Segundo ela, “músicas com uma carga sexual muito forte aliadas a coreografias sensuais fazem com que as crianças tenham acesso a elementos que não são adequados a sua faixa etária, induzindo comportamentos inadequados”.

O artigo A música e o Desenvolvimento da Criança, de autoria da Doutora em Educação Monique Andries Nogueira, atesta que a música tem um papel importante nos aspect…

Lambe-sujo e Caboclinhos: a cultura viva

A força de uma cultura se revela na capacidade de agregar, envolver e orgulhar. Em Laranjeiras, isso se concretiza durante a “Festa do Lambe-Sujo”, folguedo sergipano encenado todos os anos no 2º domingo de outubro.


No folguedo, os negros (lambe-sujos) lutam contra a tentativa dos índios (caboclinhos) de destruírem os quilombos.



A partir das imagens captadas pela fotojornalista Ana Lícia Menezes é possível perceber o quão forte é a cultura local e a crença no folguedo. Carregado de simbolismo, o folguedo envolve crianças, jovens e adultos, que se apossam da história da terra para se divertir, se alegrar e manter viva a cultura.

Logo cedo, os lambe-sujos se espalham pela cidade, desde a entrada até a praça central de Laranjeiras. Assim, demarcam território e mostram que estão prontos para o combate. Em maioria, os lambe-sujos também ocupam a área próxima à igreja, onde recebem a benção do padre, antes de iniciar os embates.



Fortalecidos pela oração e crentes em sua fé, os lambe-sujos estã…

Um olhar para 2008

“Quem teve a idéia de cortar o tempo em fatias,
a que se deu o nome de ano,
foi um indivíduo genial.

Industrializou a esperança, fazendo-a funcionar no
limite da exaustão.

Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e
entregar os pontos.

Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra
vez, com outro número e outra vontade de acreditar que daqui pra
diante vai ser diferente."
(Carlos Drummond de Andrade)


Recebi esse texto ontem pelo orkut como parte de uma mensagem de felicitações pelo novo ano que está por iniciar e me pus a pensar na verdade que ele transmite.

Todos temos a necessidade de ver nossas esperanças e sonhos sendo renovados. Todo indivíduo precisa planejar, desejar, acreditar. Planejar uma vida diferente, o início de um novo projeto. Desejar ascensão profissional, aprovação no vestibular ou em um concurso público. Acreditar em novo amor, em um novo tempo. Acreditar no fim da violência, na prevalescência do amor e da paz sobre toda a Terra, por mais que isso pareça utóp…