segunda-feira, 31 de dezembro de 2007

Um olhar para 2008

“Quem teve a idéia de cortar o tempo em fatias,
a que se deu o nome de ano,
foi um indivíduo genial.

Industrializou a esperança, fazendo-a funcionar no
limite da exaustão.

Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e
entregar os pontos.

Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra
vez, com outro número e outra vontade de acreditar que daqui pra
diante vai ser diferente."
(Carlos Drummond de Andrade)


Recebi esse texto ontem pelo orkut como parte de uma mensagem de felicitações pelo novo ano que está por iniciar e me pus a pensar na verdade que ele transmite.

Todos temos a necessidade de ver nossas esperanças e sonhos sendo renovados. Todo indivíduo precisa planejar, desejar, acreditar. Planejar uma vida diferente, o início de um novo projeto. Desejar ascensão profissional, aprovação no vestibular ou em um concurso público. Acreditar em novo amor, em um novo tempo. Acreditar no fim da violência, na prevalescência do amor e da paz sobre toda a Terra, por mais que isso pareça utópico e repetitivo a cada fim de ano. Independente disso, pecisamos crer que um dias as coisas irão mudar.

Penso no olhar de uma criança vislumbrando nesta noite a típica queima de fogos no céu. Penso no brilho que aquela explosão de cores e luzes traz para o olhar do pequenino. E não importa a classe social na qual essa criança está inserida. Não importa de que lugar ela vai vislumbrar a virada do ano, porque o brilho é o mesmo, a esperança é a mesma tanto da menina que reside em uma favela, quanto do menino que mora num bairro de classe social elevada.


Quando somos crianças sonhamos mais e acho que na virada de ano todos voltam a ser criança, nem que seja por dez segundos, mas há um momento entre o dia 31 de dezembro do ano que se vai e o dia 01 de janeiro do ano que chega, em que sonhamos, nos emocionamos e cremos na felicidade e no amor. E este é o motivo pelo qual permanecemos vivos lutando na labuta do dia a dia.

Bom seria se existissem também viradas de mês, de semana, de dia e até mesmo de hora, porque teríamos a renovação dos nossos sentimentos com mais frequência...E por isso estou escrevendo esté texto, para propor a você e a mim mesmo que renovemos a nossa fé sempre que sentirmos que ela está esmorecida...E você pode fazer isso lendo um livro que fale de amor, ouvindo uma daquelas músicas que te fazem dançar, assistindo aquele filme que te faz chorar, visitando a casa daquele amigo que você tanto gosta e que sempre te faz rir. Enfim renovando o seu olhar...

Um olhar sobre 2008 precisa ser um olhar sobre cada um dos 365 dias que irão nascer, mas com um outro foco, diferente do que você deu este ano.Será que eu estou sendo utópico ou por demais sonhador? Não importa! Precisamos olhar para o céu a cada manhã, respirar fundo e sorrir. Sorrir para o mundo, sorrir para as pessoas, sorrir para nós mesmos e para nossos sonhos.

Pense nisso!


Feliz 2008!

Um super beijo no coração!

Valter Lima

8 comentários:

Raquel disse...

apenas uma palavra...

Lindo!

xeroo Valter

Jornalismo Virtual: sob o olhar de Josefa Tamires disse...

Bem ungido o seu texto!

:)

spinely_aju disse...

Hum.... Feliz Ano Novo Mesmo pra vc... independente dos ideais ou da aparente facilidade para alcança-los, o importante mesmo é manter viva a esperança.

Ailton disse...

Bela mensagem.

É triste ver como a inocência é perdida cada vez mais cedo. E qdo adulto, fazemos questão de enterrar a criança que existe dentro de nós. Preocupado demais com o cotidiano estressante, deixamos a vida passar sem apreciar a beleza das coisas simples.

Não há nada mais renovador que presenciar um nascer do sol, ou simplesmente o vai-vém das ondas na praia.

Abraço

ranniery disse...

Drummond é deleciosamente eterno...

Feliz os seguintes 363 dias!

abração

ranniery disse...

O nascer do so sal sobre o mar será realmente inesquecivél!

Mas ainda bem que o mundo não é só nasceres de sóis eternos. Eles se põem, existem dias nublabos, e a lua sempre nasce.

Eu não tenho guarda-chuva...

Grazielle Matos disse...

Valterrrrrrr to akiiiiiiii, Demorei mas xeguei!!! Valter vamo deix ar de bla bla blá. Qrido de 2007 para 2008 a diferebça é apenas 1 milésimo de segundo!!! xega de devaneios e poesias!!!! Vamo trablhar que é melhor rsrsrsrsrsrkkkkkkkkkk
neh naum vc sabe q sou sua fã xero

Carlos Lordelo disse...

Válter, bora atualizar o blog, né?
Tá parecendo o meu, rapaz! kkk
Ah! Add ai nos relacionados.
Já coloquei o seu lá ;)
Abraço